7 de out de 2016

Os homens franceses preferem as ...

Os franceses, sábios quando o assunto é relacionamento amoroso, tem duas filosofias muito interessantes:
a primeira é: se um homem tiver que escolher entre uma mulher bonita e outra feia para se casar, escolha a ... feia. Não, não é a mal-cuidada, é a feia mesmo (os franceses amam as mulheres vaidosas, o que não tem nada a ver com beleza!!!!). Segundo os franceses a mulher bonita de nascença, acha que não precisa fazer esforço para agradar, afinal desde novinha aprendeu a ser admirada e amada pela beleza. Geralmente as belas não dão boas companheiras. Já as feias, sabem que não podem contar com a natureza favorável e se esforçam para serem amigas, leais, simpáticas, amorosas.  Não sou eu que acho isso, gente! São os franceses!!! Eu, por enquanto, não tenho nada contra as belas! Enfim...
E a outra filosofia é: ´´case-se com alguém com quem você gosta de ficar, porque em muito pouco tempo é só isso que vai te sobrar´´. Traduzindo: na hora de se casar, esqueça a beleza! O que importa é a inteligência e o bom humor. Os homens da terra de Napoleão tem certeza que a beleza passa rápido, já o que vai no cérebro e na alma é eterno.
Resumindo tudo: para os franceses as mulheres só bonitas não valem muita coisa. Talvez apenas para serem admiradas um ou dois dias. Eles preferem o famoso saivoir faire, o jeito inteligente de levar a vida, a vaidade sob controle, a leveza do espírito.
Porque estou contando tudo isso? Porque numa pesquisa realizada por uma revista francesa entre homens de 30 à 60 anos, sobre com quais mulheres francesas eles gostariam de se casar sabem quem está na lista?
Christine Lagarde, a poderosa chefe do FMI, que não tem nada de bela. Audrey Tatou, a atriz de Amelie Polain também está, assim como Inés de la Fressange. E a magrela Vanessa Paradis, ex-mulher de Johnny Depp. Nenhuma delas um prodígio de beleza, mas todas inteligentes, sexy e charmosas.

Ah, desde os tempos de Felipe, O Belo, esses franceses sabem das coisas, não?!!!???





























Nenhum comentário: