29 de dez de 2018

Referência

Algumas boas publicações impressas não só sobrevivem, como ganham cada dia mais folego, com anunciantes novos, leitores ansiosos e um mercado que ainda valoriza o bom editorial de moda.
A L´Officiel, por exemplo, é a referência para o mundo da moda, quando se trata de tendências.
A nova edição, colorida e alegre, já está nas bancas!
A minha já chegou!


Todos querem uma livraria!

As livrarias estão em alta!
Todos os títulos de livros que começam com ´´livraria´´ ou ´´livreiro´´, vendem como água!
Mas também, vamos combinar, tem lugar mais interessante do que uma livraria?
Até a NetFlix  entrou na onda. Sua mais nova série, You, é passada em uma charmosíssima livraria no coração de Manhattan. 
Até agora só assisti ao primeiro capítulo. Gostei. Mas poderia ser infinitamente melhor se tivesse sido dirigida por uma Nora Efron, por exemplo, com toda aquela delicadeza feminina. 
O ator principal, o eterno Dan de Gossip Girl, está muito bem no papel de Joe Goldberg, e a livraria onde se passam as cenas, é incrível, a típica livraria novaiorquina. Enfim, tirando a violência gratuita e desnecessária, a série é bem interessante.













Clica no play para ver o trailler!









Pelas ruas

Gisele, linda de terninho, em Los Angeles.


24 de dez de 2018

Se não gosta, pra que viu?


Não gosto muito de filmes de suspense e menos ainda de filmes de terror.
Não sei, então,  porque cargas d´água  fui  assistir Bird Box, a nova produção da NetFlix com Sandra Bullock! 
O filme, super aguardado, conta a história de Malorie, uma artista emburrada, que luta para salvar a vida de duas crianças, quando o mundo é devastado por uma onda de suicídio, que dizima toda a população da Terra. 
Sombrio, cinza e tenso, Bird Box não é diversão para um domingo à tarde, pelo contrário. 
Mas é muito bem feito, e Sandra Bullock, que alcançou a fama fazendo comédia, tornou-se uma grande atriz. É ela, e só ela, que segura o filme da primeira à última cena.
A história é manjada, o roteiro é fraquinho, os outros atores (com exceção da menininha) são bem medíocres, mas o filme vale pela interpretação espetacular de Sandra e pela belas cenas da travessia do rio. Bird Box não foi lançado no circuito comercial, saiu direto para a plataforma de streaming e já é dos mais assistidos. É a NetFlix comendo pelas beiradas e mostrando para Hollywood quem é que está mandando no entretenimento mundial.










23 de dez de 2018

Vermelho para o natal



















Carla

´´É dentro de uma livraria que se escondem os grandes e melhores segredos´´, já dizia a obstinada Florence Green do filme A Livraria.
Eu também acho. 
Num sábado de setembro de 2017, eu estava numa livraria e me indicaram um livro chamado Tudo É Rio. Não sou do tipo que escolhe livro pela capa, geralmente leio a última página. E tanto a última quanto a primeira página do livro eram tão antagônicas e tão improváveis, que não só comprei o dito cujo, como comecei a lê-lo na mesma hora. No fim do dia eu já tinha terminado e já tinha colocado Tudo É Rio na minha lista dos melhores livros da minha vida.
Este ano, Carla lançou seu segundo livro, A Natureza da Mordida. Para marcar o dia, ela recebeu para um jantar em sua casa, com direito a comida divina e leitura de trechos pela própria.

O novo romance de Carla é tão impactante quando o primeiro.  No dia que terminei não parava de pensar um só minuto em cada personagem e nas mordidas - ou sorrisos - que a vida preparou para cada um. 


















19 de dez de 2018

Cortando tarde


Para cada peso, uma medida.
É assim que estão se comportando os dirigentes do poderoso, polêmico e pouco transparente Sistema S, que aplaudiram de pé o fim do recolhimento obrigatório aos sindicatos e agora, obviamente, não querem que acabe o pagamento obrigatório dos empresários ao Sistema S!
Na verdade o Sistema S não passa de um sindicato patronal!
O Sistema S tem mais coisas boas que ruins, eu acho. Investe em educação,  profissionalização e cultura. Tudo o que queremos, não é verdade? Em tese, sim. Mas como acontece com qualquer coisa onde há um montante monstruoso de dinheiro entrando obrigatoriamente, nem sempre esse recurso é usado de maneira eficiente.
O que o novo governo quer não é acabar com o Sesc, Senai, Sesi, etc, mas fazer com que a industria não seja obrigada a contribuir, o que tornaria menos oneroso a folha de pagamento dos empresários e obrigaria os gestores do Sistema S a serem muito mais eficientes com o dinheiro recebido. 
Quase 7% da folha de uma empresa é para o Sistema S. É muito, mas muito dinheiro. Quase  recolhido compulsoriamente, sem que o empresariado possa escolher para onde ele vai. Não existe política mais agressiva do que tributar o salário. 
Na teoria, o dinheiro do Sistema S não é público, embora o governo seja o intermediário.  
Na prática, o que se ouve é que a contribuição obrigatória é absurda, ´´é o tributo mais agressivo e injusto que temos´´, analisa Marcos Cintra, que chefiará a secretaria do Ministério da Economia.

Se queremos um país que avance em todos os setores, com eficiência e transparência, os cortes no Sistema S já vieram tarde! 



18 de dez de 2018

O apartamento de Giovanna Battaglia em NY



Ela é uma das mulheres mais glamourosas do mundo da moda!
A italiana Giovanna Bataglia roubou a cena há alguns anos atrás, na época do surgimento dos icônicos ´´Street stylists, com sua beleza imperfeita, seu sorriso largo e seu estilo super pessoal.

Aos 39 anos, gravidíssima de seu primeiro filho, ela abriu as portas de seu apartamento em NY, que divide com o marido Oscar Engelbert. 
Com uma vista deslumbrante para o Hudson e uma parede inteira de livros de arte, a casa de Gio é a cara dela: elegante, charmoso e com muita personalidade.





































17 de dez de 2018

Get the Look






Lourdes Brilha


Meu grande amigo Eli Gambrini me disse outro dia que nós, belorizontinos, temos o péssimo hábito de não nos prestigiarmos. Estamos sempre atrás de novidades para além da cidade e somos os primeiros a criticar qualquer lançamento, evento ou acontecimento. Ele tem razão.
Lourdes Brilha, por exemplo. Uma ideia genial, organizada por outra amiga, Fernanda Bicalho, o projeto pretende iluminar e encantar os moradores, atrair público e movimentar o comércio de um dos bairros mais aprazíveis da cidade.  Foram instaladas mais de 240 árvores, muitas luzinhas e vários eventos foram organizados. Quase todas as lojas, restaurantes, confeitarias, bares, hotéis, farmácias, imobiliárias, salões de beleza, agência de viagens, etc, se engajaram no projeto. Tudo com dinheiro privado e trabalho de voluntários. Isso é o mais legal. A cidade funcionando sem precisar do poder público.  ´´Quem sabe faz a hora não espera acontecer´´.

Neste sábado, o projeto organizou uma Caminhada Canina, com paradas em vários estabelecimentos participantes. Eu, que não moro em Lourdes, estava lá!!! Foi ótimo, divertido, alegre. Os lojistas organizaram tendas, deram brindes, esperavam os caminhantes na porta das lojas.  Estava cheio, e todo mundo que foi, adorou. Mas não estava cheio conforme o esperado.  Uma pena. 










Luz vermelha


Tomo por base eu mesma: sou boa noveleira e nunca assisti a  nem um único capítulo da nova novela das nove, O Sétimo Guardião.
A audiência está tão baixa que a luz vermelha já acendeu nos corredores globais.
Nos bons tempos esperava-se o terceiro mês, para saber se um folhetim ia bem ou não. Desta vez, em menos de um mês já decidiram tomar providencias.
Silvio de Abreu foi chamado ás pressas para intervir no texto de Aguinaldo Silva, que claro, ficou furioso. 
O diretor Rogério Gomes, o Papinha, está tão desgastado que ameaçou mais de uma vez pedir demissão. E para piorar, o clima entre os atores está tenso. Tirando Lilian Cabral que é uma lady, os outros andam se engalfinhando.
Ô saudade de Avenida Brasil!!!



14 de dez de 2018

Damares e o pé de goiaba

Damares Alves, nossa  futura (ou não, dependendo do andar da carruagem), viu Jesus quando estava no pé de goiaba.
Não vejo nenhum problema nisso. Tem gente que vê Jesus andando sobre as águas, outros vêem Jesus em sonhos e outros -  esses sim os que de fato ouviram seus ensinamentos -  O vêem no próximo, nos sofridos, nos necessitados. Isso se chama fé. E não podemos questionar e nem debochar. Qual o problema então de Damares ver Jesus na goiabeira? Nenhum, não fosse Damares a futura ministra das Mulheres, Família e Direitos Humanos. 

Damares pode ser pastora, ver Jesus, acreditar no que quiser.  Mas como pessoa pública, representante de um Estado laico, e que terá sob sua regência um povo heterogêneo, cheio de crenças próprias e religiosidade tão distinta, ela até pode ver Jesus - ou Buda, ou Iemanjá - mas não deveria tratar desse assunto como ministra. O que ficou pior foi Damares tentar consertar sua fala, dizendo que Jesus era seu ´´amigo imaginário´´. Bom, como disse Dimenstein em sua Catraca Livre, não foi esse o tom na sua polêmica palestra, nem no livro que escreveu.   O que torna Damares, a meu ver, completamente despreparada para ser a ministra dos Direitos Humanos.





13 de dez de 2018

Jóia de pôr no pé.

Sabe qual o presente de natal que as novaiorquinas queriam ganhar?













Manolo Blahnik e seus sapatos-desejos....











































































Pronto!


O natal da AM Chocolates está pronto!
E esperando as encomendas!
O chocolate mais gostoso do Brasil, em embalagens lindas, exclusivas e personalizadas!





































Onde encontrar:
- AM Chocolates / Fone 31  2112 -4955

11 de dez de 2018

Paz


Amal Clooney é poderosa!
A bela foi convidada para assistir a entrega do Nobel da Paz, ao lado da família Real da Noruega.
O evento é super exclusivo e os pouquíssimos convidados são escolhidos à dedo.
Amal é amiga de Nadia Murad, escritora libanesa de 25 anos. As duas se tornaram próximas depois 
que a Sra Clooney se tornou advogada da ativista.
Para a noite, Amal escolheu um vestido midi vermelho lindo, cabelão solto e batom
Sou fã dessa mulher!






Junte-se a nós!



8 de dez de 2018

Só estou avisando...

Eu sei que a gente está em pleno verão, gente, mas já estou avisando!

Providencie desde já uma saia kilt para você, lalá!
Isso mesmo! O tradicionalíssimo xadrez escocês vem com força junto com as temperaturas baixas do inverno.
Kate Midleton e Olivia Palermo já tiraram as suas do armário!
A de Kate é inglesa, da marca Emilia Wickstead e a de OP é de Versace.




Maria Frering decidiu voar sozinha.
Depois que colocou um ponto final em sua sociedade com Camila Cunha, a bela neta de dona Carmem lançou esta semana sua própria coleção de jóias, que leva seu nome.
São peças em prata com banho de ouro e pedras, todas desenhadas por ela. 




7 de dez de 2018

Santos renovado

O primeiro relógio de pulso do mundo foi criado em 194 por Louis Cartier para o amigo Santos Dumont, que havia se queixado da dificuldade de ver as horas em sue cronógrafo de bolso, durante o voo do dirigível em Paris, em 1901.
Em 1978, a Cartier lançou o modelo Santos, inspirado no original. Foi um sucesso, virou febre, e o Santos tornou-se objeto de desejo de meio mundo.
Este ano, o relógio foi relançado em dois tamanhos e com pulseiras intercambiáveis de aço e couro e caixa em ouro.
Não sei quanto a Santos Dumont, mas eu queria todos!




Porque não te calas, Mourão?


Bolsonaro mandou de novo o mesmo recado para seu vice:  falar menos.
Se possível, fazer uma espécie de voto de silêncio.
Mourão mandou de volta: não quer ser um vice decorativo.
Jair Messias ainda não respondeu.




De volta!

´´Eu voltei´´


Andei meio sumidinha, queridos!
Desculpa!
Mas o Bazaar me consumiu 20 horas por dia, as outras 4 eu dormia!
Mas já estou de volta, à postos, animada e vigilante!