Cineart BH

30 de nov de 2017

Esther


Esther Neppel. 
Chic.



Escrava Isaura!

Queridos!!! Até o dia 05 o blog vai ficar meio lentinho. Estou fazendo o Bazar de Três, que por sinal está maravilhoso, e trabalhando 14 horas por dia!!!
Conto com vocês para me esperarem e terem bastante paciência em ler apenas 1 ou 2 posts por dia!! Mas é por pouco tempo! Dia 06 eu volto!!!

23 de nov de 2017

Get the Look


Caramelo



JFK


John  Kennedy e sua Camelot.

Forever.































Até que enfim


Garotinhos atrás das grades. O Rio deve estar em festa.


Muito Além do Inverno da Vida


Isabel Allende é uma das minhas autoras favoritas. Tirando 3 ou 4 livros (Paula, O Plano Infinito e o Jogo de Ripler) em que ela errou a mão, gosto muito de todos os seus livros. 
Seu último livro, O Amante Japonês, é maravilhoso. Sutil, elegante e direto em tratar de temas delicados como a velhice, a traição, a aceitação das diferenças, a coragem em mudar a vida.

Isabel escreve como uma máquina. É uma das autoras mais produtivas de sua geração. Isso sem contar as ´´ninjas´´, Danielle Stell ou Nora Roberts, que escrevem tal e qual linha de produção.


Saindo do forno, Muito Além do Inverno, promete encantar os fãs da autora. Só o nome já é de Best Seller!
Tudo começa com um acidente de trânsito, que se transforma em catalisador de uma inesperada e tocante história de amor entre duas pessoas que acreditavam estar no inverno de sua vida. Isabel pegou o gancho que Hollywood já descobriu: há vida após os 60 anos!!! Vida amorosa e profissional! Haja visto o sucesso da série Frankie & Grace e do belo Nossas Noites.

Em meio a uma nevasca no Brooklyn, aos 60 anos, Richard Bowmaster, um professor universitário, bate na traseira do carro de Evelyn Ortega, uma jovem imigrante ilegal da Guatemala. O que a princípio parecia apenas um pequeno incidente toma um rumo imprevisto e muito mais sério quando Evelyn aparece na casa do professor em busca de ajuda. Confuso com a situação e sem entender o espanhol falado pela jovem, ele pede ajuda a sua inquilina, Lucía Maraz, uma chilena de 62 anos, que está passando uma temporada nos Estados Unidos como palestrante na mesma universidade em que Richard dá aula. Juntas, essas pessoas tão diferentes embarcam em uma dramática e incrível aventura, que vai do Brooklyn do presente à Guatemela de um passado recente, do Chile dos anos 1970 ao Brasil dos anos 1980, e na qual descobrem sua força interior. Para Lucía e Richard, além de tudo, significa uma nova chance para o amor. Um romance que reflete sobre importantes questões da humanidade, como a paixão sem idade, o humor e a sabedoria.
Já está minha lista!!!!!










Novo


Para quem é fã de Harry Potter:
Dumbledore não morreu.
A Warner divulgou a noticia mais aguardada para os apaixonados pelos bruxinhos: o novo filme da saga de Hogwarts terá Dumbledore novo,  representado por Jude Law.




22 de nov de 2017

A casa de Isabela Capeto


O charmosíssimo apartamento da estilista Isabela Capeto, na Avenida Rui Barbosa, no Rio.
Adorei!!!!!!!
Casa com cara de casa!!!!
Casa é casa! Vitrine é vitrine!!!!
Tem coisa mais tediosa que todoooooooos os apartamentos iguais? 



















































Bagagem moderna


Para eles e elas : Hermés Cabacity bag.











21 de nov de 2017

Loucura, loucura, loucura!

Minha amada Bianca Porto, me liga de Miami, onde está morando:
_ Vou perguntar um coisa, mas se for piada, desconsidere:  é verdade que o Luciano Huck vai ser candidato à presidente????
_ É Bibi... é verdade...
_ Achei que era brincadeira...
_ Não, não é.

Aí a gente fica pensando que o Brasil é mesmo uma piada.

Get the Look


20 de nov de 2017

Baús



Tenho paixão por alguns objetos.
Baús, por exemplo.
Não que eu goste de acumular coisas, muito pelo contrário!!! Tenho pavor de coisas guardadas e não usadas. Gosto de tudo à mão! O que não é visto não é lembrado, e não é usado, e então é melhor dar outro fim àquele objeto!
Enfim, isso é tema para outro post! Neste, vamos falar dos baús!

Gosto de todos! De madeira, coloridos, divertidos, clássicos. Os meus preferidos são os de junco do Armando Cerello e os  antigos chineses.

Os baús servem de mesa de centro, de mesa lateral, servem para guardar album de retrato, mantas na sala de TV, revistas, livros, tricots no closet, brinquedos no quarto das crianças e o que mais a imaginação mandar!




































































































18 de nov de 2017

E vamos nos acostumando...

No Rio de Janeiro, só este ano, mais de 100 policias foram mortos. A cada 1 segundo, um brasileiro morre vítima da violência. Ah, tá... a gente nem liga mais...
Não liga mesmo. O pior do mal e nos acostumarmos com ele. E nós estamos mais do que acostumados. Nada nos choca. Não nos indignamos mais. Quando alguém é assaltado violentamente a primeira coisa que falamos é: ´´ainda bem que não aconteceu nada pior´´. Ou seja, estamos tão anestesiados, que o assalto virou um acontecimento corriqueiro! O ruim não é o assalto. O ruim é ´´não acontecer nada pior´´!!! Daqui a pouco, a ´´coisa pior´´ também vai virar um rotina! E aí o que vai ser ´´pior´´?
Já em Portugal, onde praticamente não existe violência policial ou mortes por arma de fogo, a morte de uma brasileira causou comoção, a ponto do presidente do país ter que se manifestar! Já aqui, quantas e quantas pessoas morrem baleadas e a gente nem lê nos jornais. Viram estatística. Simples assim. Só mais um. O problema é que esse ´´mais um´´ um dia pode ser você.

´´O mundo é um lugar perigoso. Não por causa do mal. Mas por causa daqueles que o vêem  e não fazem nada´´.


17 de nov de 2017

Para quem quer se emocionar



Em A Pérola que Rompeu a Concha (o nome não é lindo?????), Rahima e suas irmãs são filhas de um viciado em ópio. Como a grande maioria das mulheres que vivem sob o domínio do Talibã, a liberdade é uma palavra que elas desconhecem. Sair de casa, por exemplo, é quase um acontecimento raro. Ir á escola é algo impensável.

 Sua única esperança é o antigo costume afegão do bacha posh, que permite à jovem Rahima vestir-se e ser tratada como um garoto até chegar à puberdade, ao período de se casar.

Como menino, ela poderá frequentar a escola, ir ao mercado, correr pelas ruas e até sustentar a casa, experimentando um tipo de liberdade antes inimaginável e que vai transformá-la para sempre.

Contudo, Rahima não é a primeira mulher da família a adotar esse costume tão singular. Um século antes, sua trisavó Shekiba, que ficou órfã devido a uma epidemia de cólera, salvou-se e construiu uma nova vida de maneira semelhante. A mudança deu início a uma jornada que a levou de uma existência de privações em uma vila rural à opulência do palácio do rei, na efervescente metrópole de Cabul.

A pérola que rompeu a concha entrelaça as histórias dessas duas mulheres extraordinárias que, apesar de separadas pelo tempo e pela distância, compartilham a coragem e vão em busca dos mesmos sonhos. Uma comovente história sobre impotência, destino e a busca pela liberdade de controlar os próprios caminhos.







Get the Look


´´Posso até usar outra cor, desde que ela seja igual ao preto´´







Momento Filosofico/ Siga seus instintos

´´Nunca resista a um impulso Sabrina. Nunca.
Principalmente se bem no fundo, você souber que não é só um impulso´´
Linus Larabee para Sabrina 




Closet

Arrumado!



16 de nov de 2017

Lá e cá


´´Temos a arte para não morrermos de verdade.´´
Nietzsche


Enquanto por aqui perdemos Krajberg,  o gênio que transformava a natureza já perfeita na mais perfeita arte ...








... em Nova York outro gênio mostrava porque os homens são passageiros e arte não: quase 500 anos após sua morte, a obra de Da Vinci foi vendida por U$450 milhões.




Get the Look


MiMi


Miranda Kerr e sua paixão pela Yoga e por chás.

Adoro essa Mirandinha!


Romance


Dakota Johson, a atriz de Cinqueta Tons de Cinza e Chris  ´´suspiros´´ Martin do Coldplay estão, digamos, se conhecendo melhor.
A dupla foi vista jantando em Los Angeles e Dakota foi flagrada assistindo ao show da banda na Argentina, muito bem instalada nos bastidores.

Gwyneth, a ex de Martin, não deve estar gostando nadinha dessa história... 



O caminho e a coragem


´´Nem eu nem ninguém vai percorrer essa estrada para você,
Você tem que percorrê-la sozinho.
Não é tão longe assim... está ao seu alcance,
Talvez você tenha andado nela a vida toda e não sabia,
Talvez a estrada esteja em toda parte sobre a água e sobre a terra´´
Walt Whitman






Beauty

Um dos meus livros favoritos.
Para quem gosta de casa e decoração: tem que ter.



Rita


Nunca houve uma mulher como Gilda...
Não mesmo. E nunca houve uma carregasse um bracelete com Rita!

Uma das jóias favoritas da diva de Hollywood era um bracelete de ouro, feito na Rússia.
Enorme, a pulseira acompanhava Rita (ou Gilda) em todas as ocasiões.