24 de mai de 2018

Philip Roth


Philip Roth era um habituè do nosso Clube do Livro. Lemos dele Pastoral Americana e Patrimônio.
Suas obras não são leituras fáceis, talvez por isso ele seja tão bom. A pergunta que eu me fazia quando terminava seus livros era: ´´que mundo raso é esse em que eu vivo?´´. Philip me tirava do conforto, me fazia pensar, embaralhava a minha cabeça.  Então era preciso outro livro seu  para que eu pudesse aprender mais sobre o homem e o mundo que o cerca.
Roth morreu ontem aos 85 anos. O Nobel perdeu a oportunidade de premiar um dos maiores nomes da literatura de todos os tempos.




Nenhum comentário: