9 de abr de 2018

Rebelde com causa


Me respondam por favor: porque está tão difícill ser tolerante com o pensamento do outro? Porque hoje todo mundo tem que ter um lado???? Porque a gente tem sempre que se posicionar??? E se eu não quiser? Porque esse maniqueísmo ultrapassado? Aliás, o maniqueísmo é de uma pobreza ímpar, porque ele nos divide em apenas dois lados, e nem a vida, nem as pessoas tem apenas dois lados.
Na Folha de SP de hoje, Gloria Maria em sua entrevista, reclama que vivemos tempos sombrios onde somos policiados o tempo inteiro. Ela tem razão. Nunca o negro teve que ser tão negro. Ai se ele alisar o cabelo! Ele trai a raça. O gay nunca teve que ser tão gay! Se ele estiver no armário, arrancam ele de lá na marra! Porque, meu Deus, o gay tem que sair do armário? Porque ele não pode ficar lá quietinho, no meio dos cabides, se ele assim o desejar? Ele vai ser menos gay se ficar lá, no closet?

Não soltei foguete com a prisão do Lula porque eu não estava com vontade. Não quer dizer que sou petista, longe disso!!! Não sou petista, nem nunca fui! Só não estava a fim de bater panela. Ponto. Se eu não solto foguete com a prisão do Lula sou petista. Se eu solto, sou anti-petista. Porque, meu Deus, eu não posso ser apenas uma cidadã que quer ver um criminoso condenado cumprir a pena? Não, não pode! Ou você é petista ou é anti-petista! Quer saber? Eu sou anti-anti-qualquer coisa! Sou anti os anti-petista e sou anti os anti-coxinha! Sou uma criatura que pensa, escuta os dois lados e decide. Afinal meu voto é secreto, cara-pálida! E o que eu quero mesmo é ver todos os criminosos na cadeia, seja ele um ex-presidente petista, um senador coxinha, o empresário que corrompe ou um deputado corrupto. Sou anti quem pixa o prédio de uma Ministra, por exemplo. Mas não sou coxinha de jeito nenhum!!  Se uso vermelho, sou petista. Se uso verde e amarelo sou coxinha. E se eu for apenas brasileira? Não pode? Não posso simplesmente usar vermelho, verde e amarelo?

Se sou ´´Marielle, presente´´, sou revolucionária. Não posso estar apenas exausta de tanta impunidade e indignada com tanto desrespeito à vida? Não. Não posso. Tenho que ´´escolher um lado´´. Que chatice.

Se não divido a conta, sou machista. Se pago ela toda, sou feminista. Porque raios não posso apenas ser uma mulher independente que pode escolher se paga o não a tal conta??????

Outro dia saí para jantar com a Márcia Tiburi. ´´Márcia Tiburi, Kika? Você virou petista e feminista?´´. Nãooooooooooo! De jeito nenhum! Apenas saí para jantar com uma mulher inteligentíssima, simpática e divertida, e que por acaso, sim é petista e feminista! Tenho que colar um cartaz, ou está bem explicado? E porque raios uma pessoa não pode ser petista, simpática, inteligente, feminista, e bonita? Não, não pode. Escolhe um lado, Kika! Pois bem, não escolho não!

Se vou à missa sou careta. Se não vou, sou ateu. Se simplesmente não estou a fim de ir, sou o que? Budista? Muçulmana? Não posso apenas ser preguiçosa? Não, não pode. Tem que ser ´´alguma´´ coisa. Tem que se ´´posicionar´´.
Outro dia ouvi estarrecida, uma pessoa me falar: ´´mas você é católica e faz Yoga?´´ Oooooooiiii???? Pois faço Yoga e sou católica! E se eu quiser, posso jogar capoeira e até rodar a baiana!

Se tenho um blog de moda sou fútil. Se leio muito sou intelectual. Então, no meu caso, eu sou um ser de outro planeta, porque leio pra burro e tenho um blog! Sou uma verdadeira anomalia!!! 

Se uso salto alto e uma bolsa cara, sou de ´´direita´´. Uso salto alto todos os dias e amooooo uma bolsa cara e não, não sou de direita!!!!
Se como carne, sou anti-animais. Pois eu como muita carne, bem vermelha! E adoro um couro natural. Mas não tenho passarinho na gaiola, nem peixe no aquário, nem cachorro no canil, nem vou ao circo e odeio zoológico porque acho que lugar de bicho é solto! E aí? Sou o quê??? 

Se gosto de ficar sozinha, sou uma solitária. Se gosto de sair, sou uma baladeira. Pois eu gosto dos meus discos, meus livros e nada mais, mas amo também os meus amigos!!!

Acredito que as pessoas estão perdendo uma coisa fundamental para a vida em sociedade: o senso crítico. E estão perdendo porque vivem, cada dia mais, em sua própria bolha, incapazes de olhar o mundo do tamanho que ele é. Acham que o mundo é do tamanho do seu próprio e pequeno mundinho particular. Só ´´seguem´´ o que gostam, só andam com quem lhes é parecido, só conversam com quem concorda com elas. Não conseguem ouvir. Confundem argumentação com polêmica. Não conseguem pensar.

Sob esse aspecto, sou uma eterna rebelde. Tenho horror a tudo e qualquer coisa que me coloque numa caixinha. Tenho pavor que me obriguem a ter que andar numa estrada reta, sem poder escolher se entro ou não numa encruzilhada. Prefiro andar fora da curva. Prefiro ser o que eu quiser.
Simone de Beauvoir gritava a plenos pulmões desde os anos 40: ´´Que nada nos defina, que nada nos limite. Que a liberdade seja a nossa própria substância´´. Será que ninguém conseguiu entender isso até hoje???????


11 comentários:

Anônimo disse...

Você descreveu os meus sentimentos . Estou de saco cheio deste mundo bipolar!

Marília Carvalho disse...

Sabe o q vc é? simplesmente o MAXIMO!!!

Anônimo disse...

👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

Maria Mattos disse...

Acho que ainda ninguém conseguiu entender Kika...digo sempre, seja ateu, mulçumano, branco, amarelo, vegano, etc...mas não seja CHATO!O exercício da convivência está cada vez mais complicado.

Anônimo disse...

Kikaaaaaa! pqp. vc falou tudo o que eu acho.

Anônimo disse...

Nem coxinha nem pão com mortadela. Simplismente cidadâ.

Helena da Silveira disse...

Parabéns Kika! Liberdade, democracia, livre-arbítrio é isso aí!Ou pelo menos, começa por aí!

Chris Cabral disse...

Sou sua fã!!!!!

Chris Cabral disse...

Sou sua fã!!!!!

Anônimo disse...

Kika, eu gargalhei lendo isso tudo sabe por quê.
Porque foi libertador pra CACETE!!!!!!!!!!! Ops, falei palavrão..será que isso não me fará uma BCBG?
Dane_se, o mundo anda muito chato! Hahahahahaha

Brincadeiras à parte adorei tudo que escreveu!

Beijos da sua fã

Cláudia Brugni

Anônimo disse...

ADOREEEEI esse post!!! (palmas)