Oscar de la Renta

30 de set de 2016

Rebelde com causa


Colin Kepernick é um ídolo do futebol americano.
Jogodor do San Francisco, Kaepernick está dando o que falar, mais pelo que faz fora do campo, do que pelo que vem jogando nesta temporada.
Em protesto pelos recentes conflitos raciais ocorridos em Charlotte, Kaepernick se recusou a se levantar durante o hino nacional americano numa partida importante transmitida para todo o país.


´´Não vou me levantar e mostrar orgulho pela bandeira de um país que oprime o povo negro e as pessoas de cor. Isso é maior que o futebol, é maior do que eu. E seria egoísmo de minha parte virar a cara a este assunto´´, declarou ele.

Kaepernick vai pagar caro por sua rebeldia. Mas já virou um astro entre os que defendem o fim da abominável guerra entre brancos e negros.





Nenhum comentário: