Marília Peres Cakes

9 de jul de 2016

Hoje foi Anona. Amanhã pode ser o seu filho ou o meu neto.


Minha amiga Clissia me passou este video hoje pela manhã.
Não consegui mais nem raciocinar. Fiquei estarrecida com  a frieza, o preconceito, a falta de compaixão e de amor ao próximo, com que  somos capazes de tratar outras pessoas. 
Mostrei para os meus filhos e para os colegas que estavam almoçando lá em casa (sexta é dia de turma grande  lá em casa!). Todos tiveram a mesma reação: os olhos meio marejados, mas a convicção de que fariam a mesma coisa. E a certeza de que somos tão cruéis quanto as pessoas que aparecem no vídeo.
´´O que é que a gente pode fazer, então, mãe?´´, me perguntou meu filho mais novo. Fiquei sem resposta.
Meu filho mais velho foi quem me salvou:
´´Assistir a esse video mil vezes e lembrar que hoje foi a garotinha Anona, mas amanhã pode ser o meu filho ou o seu.´´
E assim caminha a humanidade.



Um comentário:

Anônimo disse...

QUE TRISTEZA.. CRUEL... TEMOS QUE USAR ESTES EXEMPLOS PARA COMPARTILHAR , MOSTRAR OS FILHOS, AMIGOS... QUANDO VEMOS UM VIDEO DESTE SOMOS TOCADOS NA ALMA , REPENSAMOS NOSSAS ATITUDES E MUDANÇAS COMEÇAM A ACONTECER.
BJS
TATIANA