O tempo de colher


´´Há o tempo de plantar e o tempo de colher o que se plantou´´. 
O Clube do Livro é um presente. Uma colheita farta de conhecimento, partilha, amor, entendimento, respeito, idéias, amizade.
Só quem faz parte sabe do que estou falando. 
Quando comecei o Clube, éramos 3 pessoas. E ainda havia dias que eu ia sozinha, só com meu livro de companhia. Foram tempos de plantar. Hoje, nosso Clube tem 25 pessoas maravilhosas, diferentes, inteligentes, cultas, divertidas. 

E como plantamos o ano todo, ontem foi o dia de colher. Nosso encontro de fim de ano teve direito a discurso, leitura de poesias (Cora Coralina, Kipling, Fernando Pessoa, Garcia Lorca e Eclesiastes), troca de presentes e jantar divino no D´artagnan.



Nosso Clube é o máximo! Não vendo, não troco, não empresto.  Tenho vontade de carregar cada um
dos participantes na bolsa, para conversar em momentos variados do dia. 


Nestes tempos onde as pessoas estão cada  dia mais rasas, superficiais e massificadas, ter um Clube assim é um privilégio, que desembaça as nossos janelas e nos faz ver o mundo com outros olhos










´´Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.










Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;











Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;










Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.









Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?
Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar.
Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs o mundo no coração do homem, sem que este possa descobrir a obra que Deus fez desde o princípio até ao fim.











Já tenho entendido que não há coisa melhor para eles do que alegrar-se e fazer bem na sua vida;
E também que todo o homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho; isto é um dom de Deus.












Eu sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe deve acrescentar, e nada se lhe deve tirar; e isto faz Deus para que haja temor diante dele.
O que é, já foi; e o que há de ser, também já foi; e Deus pede conta do que passou.
Vi mais debaixo do sol que no lugar do juízo havia impiedade, e no lugar da justiça havia iniqüidade.












Eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o ímpio; porque há um tempo para todo o propósito e para toda a obra.´´

Eclesiastes 3, 1-18









2 comentários:

Clissia Pena Alves de Carvalho disse...

Kika, a presença de vocês faz bem pra alma!

Anônimo disse...

Tempo de agradecer os bons momentos junto vividos nos encontros desse ano , que tanto nos enriqueceram !