Atelier á luz de velas

10 de jan de 2018

Je suis Deneuve ou O Amor Aos Homens

Dois dias depois do protesto das atrizes americanas, as francesas (sempre elas), publicaram um manifesto a favor ... dos homens!
Encabeçado por ninguém menos que Catherine Deneuve, o texto defende o direito masculino de fazer ´´cantadas´´, ainda que insistentemente. E que há uma enorme diferença entre o estupro, a violência e a coação e boa e velha sedução: ´´a paquera insistente, desajeitada, não é delito. Nem o galanteio é uma agressão machista´´.
As francesas alertam que os movimentos não deixam espaço para que os acusados se defendam e colocam no mesmo nível criminosos violentos e homens que insistiram numa cantada com mulheres que não os queriam. E terminam alfinetando que:  esta ´´caça às bruxas´´,  deixa em segundo plano o que realmente importa para as mulheres: o combate à violência, ao extremismo religioso que as oprime e aos reacionários que só veem o sexo feminino como como uma criança. 
Como sempre, as francesas deram um show de savoire faire e sensatez. E mostraram ao mundo porque elas entendem como ninguém da arte do amor, do relacionamento e da sedução.
Je Suis Deneuve!




Um comentário:

Monica Blatt disse...

Isso aí 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻