Tianelle Jóias

13 de mai de 2017

Kika e seu pet

Se eu contar para as pessoas que convivem comigo que agora eu tenho um cachorro e que ele dorme no meu quarto, todo mundo vai achar que é mentira.
Não que eu não goste de cachorro, longe disso.  Passei a vida morando em casa com 1 ou 2 cachorros (Anouk, Cookie, Falcon ...), e na minha fazenda nunca tem menos que três dogs latindo na varanda.
Eu gosto de cachorro. Eu não gosto de alguns donos de cachorros que acham que seus cachorros não são cachorros!
Cachorro para mim é um animal. Tem que ser tratado com carinho e respeito, mas é um animal! Cachorro é sim o melhor amigo do homem, mas não é filho, nem criança, nem gente.
Tenho horror a cachorro preso em canil, da mesma maneira que tenho horror de passarinho na gaiola e peixe em aquário. Tenho pavor de zoológico e pânico de circo. Animal tem que viver livre e no seu habitat natural. Se um ser humano quiser conviver com um peixe, que vá nadar num rio ou no mar!
Mas também tenho horror de ´´cachorro de madame´´, todo enfeitadinho, cheio de não-me-toques e sendo tratado igual a gente. No meu mundo cachorro é cachorro e gente é gente!

Enfim, tudo isso é para contar, que eu tenho um pet (ele se chama Max)e fui hoje, depois da minha caminhada (o pet, claro, foi comigo),  num petshop para comprar uma coleira nova, porque segundo uma senhora que estava na praça, a coleira do Max estava pequena e ´´tirando a liberdade do bichinho´´.
Ah, sei... tirando a liberdade...

Mas... fiquei com aquilo na cabeça e resolvi comprar outra coleira.
Quando eu entrei no petshop quase caí para trás! A Macy´s ou a Harrods, parecem vendinhas perto de um petshop!!
Só modelo de coleira são mais 200! Enquanto eu escolhia  uma coleirinha, uma senhora que parecia ser habituê, pagava a conta do ´´salão´´, afinal seus  dois pets tomam banho toda semana, precisam de vitaminas, cortam as unhas e fazem mais mil serviços vips que somados, estavam passando de 4 dígitos!! Dígitos, aliás, que não procuparam em nada a dona dos bichinhos, que pagou sem pestanejar!
Enquanto isso  uma mulher loira chegou  com seu cachorrinho imaculadamente branco e de meias! Sim, de meias! O dog ia tomar banho, e ela fez mil e uma recomendações: ´´Não corta muito a ´´franja´´, deixa 2 centímetros de pêlo caindo na pata dianteira. Ele (o cão!!!!) não gosta do cheirinho do xampo da útima vez, e não corta muito a unha da patinha de trás, e ...´´... achei melhor sair de perto e ir pegar logo a tal coleira...

O vendedor atencioso me mostrou uma coleira muito boa, ´´a melhor do mercado´´, com ´´trava´´ , seja lá o que for isso. Peguei a coleira e já ia pagar quando ele me perguntou:
_ Não vai levar uma medalhinha?
_ Medalhinha?
_  É, para colocar na coleira...
_  Mas exatamente para que serve essa medalhinha?
_  Ah, para enfeitar a coleira!!!!
_  Ah ...
_  Fica lindo!
_ Sei... quanto custa a ... medalhinha?
_ 28,00, mas ela não enferruja!!!!!
_ Ah... não obrigada, meu cachorro não tem vaidade...
_ Você é que pensa!

Paguei  a coleira, comprei uma ´´vitamina´´ e ... levei a medalhinha!!! Saí de lá com a sensação horrível de que estou a um passo de ficar igual a mulher loira do cachorrinho imaculadamente branco. Fiquei em  pânico!










13 comentários:

Marinez disse...

😂😂adoro seus comentários Kika! Bjim

Anônimo disse...

Eu gosto de animais e, na infância, tinha cachorros em casa, mas não dentro de casa, na casinha deles, no quintal; meus pais nunca deixaram que ficassem dentro de casa. E eu achava que só eu acho esquisito uma pessoa ficar chamando o cachorro de filho, falando "vem na mamãe", "vem no papai". Acho isso a maior esquisitice, cachorro é animal, não deve nunca ser maltratado, mas não é gente.

Anônimo disse...

Chocada!!! Rsrsss

Anônimo disse...

Pois os meus doguinhos eu não acho que são gente!!!!
Eles são muuuito melhores que qualquer ser humano!
Fiéis, carinhosos, confiáveis, amorosos e protetores!!
São a melhor coisa que existe no mundo!!! Merecem sim, o melhor
Tratamento!!!!!!
O amor é tão grande que eles curam depressão,
ajudam na recuperação de seus donos!!! Isso só
acontece por causa do imenso amor que existe entre
estes serezinhos tão especiais e nós, pobres coitados!

Pobre de nós, seres humanos!!!

Marília Carvalho disse...

Vc é ÓTIMA!!!

Anônimo disse...

Nem tanto, nem tão pouco. Acho que o cachorros, e outros bichos de estimação, podem despertar nos seus tutores um sentimento muito grande sim e genuíno. Não acho um absurdo que alguém se considerar pai ou mãe de bicho. Eu sempre me achei mãe da minha e vejo na personalidade dela, muitas semelhanças com a minha. Eles ficam parecidos com a gente sim. Claro que depois que me tornei mãe de fato, eu descobri um amor diferente. Mas ainda acho que a minha Lolota (apelido da vez) é a minha primogênita. Amo de paixão. Invisto na saúde, na alimentação de qualidade, no tempo para passeios diários e em troca recebo muito amor. Quanto à medalhinha, Kika, talvez o vendedor não tenha te dito o principal: é importante identificar o seu cão, com uma plaquinha contendo o nome dele e um telefone de contato para o caso dele se perder ou fugir. Bj.

Anônimo disse...

Adorei anônimo acima!!!! É isso aí!!!! São filhonhos lindos , inocentes e puros!!!
É amor demais de ambos os lados!! São filhinhos e nenens para sempre!!!!

Anônimo disse...

Adorei anônimo acima!!!! É isso aí!!!! São filhonhos lindos , inocentes e puros!!!
É amor demais de ambos os lados!! São filhinhos e nenens para sempre!!!!

Anônimo disse...

Excelente texto! Tem muita mulher que não se realizou na maternidade e adota o cachorro. Pura carência afetiva.

Marinez disse...

Eu amo minha cachorrinha! Ela é tão feliz e boasinha!

Anônimo disse...

Que oena do anonimo que escreveu que o amor pelos pets é carencia
Afetiva!!!! Tenha um, ame e se deixe amar por eles e verá a bobagem
Que escreveu!!! Uma coisa não tem nada a ver com outra, aliás complementa
E te ensina!!!!! E pelo visto anonimo, vc terá muito o que aprender!!!

Anônimo disse...

Que oena do anonimo que escreveu que o amor pelos pets é carencia
Afetiva!!!! Tenha um, ame e se deixe amar por eles e verá a bobagem
Que escreveu!!! Uma coisa não tem nada a ver com outra, aliás complementa
E te ensina!!!!! E pelo visto anonimo, vc terá muito o que aprender!!!

Anônimo disse...

Que horror estes comentários sobre carência afetiva!!! Só sei que amor não tem limite!!! Amar um animal ou outra ser não significa carência e sim amor que transborda!!! Talvez as pessoas exagerem nos gastos e nas frescuras, mas se é assim que eles entendem que querem tratar seus animais, que somos nós para julgar???? Menos julgamento gente! Cada um trata seu cachorro como quer!!! A única forma de tratar que não é aceitável, é mais tratemos, de resto, cada um cuida de si, e de seu dog, como bem entender! Seja como mãe, tutora, tia, avó, Irma!