AM Chocolates

12 de jun de 2017

Naturalmente

Quando a inglesa Anita Roddick fundou a The Body Shop, em 1976 a ideia era fazer uma marca focada em produtos naturais, com pouquíssimas produtos químicos e sem fazer nenhum teste em animais. Ela nunca imaginou que a sua pequena empresa seria um case de sucesso, mas foi extamente o que aconteceu, já que o mundo estava descobrindo o ecologicamente correto e ansiava por produtos que representassem a corrente natural natureba. A The Body Shop explodiu e em pouco tempo virou uma das marcas de cosméticos mais amadas do mundo. O negócio cresceu tanto que foi vendido para a L´Oreal em 2007 por quase 700 milhões de euros. Só que a The Body Shop nasceu para ser um produto para um público específico: homens e mulheres antenados com a cultura de um mundo sustentável. A L´Oreal, uma gigante mundial, não conseguiu entender o conceito e as vendas começaram a cair.
Enquanto isso, do lado de cá do Atlântico, a Natura, que sempre teve a mesma proposta da sua concorrente inglesa, crescia forte e sólida. Tão forte e tão sólida, que acaba de anunciar que vai comprar a The Body Shop por nada menos que 1 bilhão de euros, tornando-se assim, uma das maiores marcas de cosmético do mundo.
O negócio ainda não está totalmente fechado, mas já está bem encaminhado. A dúvida é se as lojas da The Body Shop passarão a ser chamar Natura ou vice-versa. É esperar para ver.







Nenhum comentário: