Oscar de la Renta

7 de jan de 2017

Pontualidade britânica

João Dória está animado com o cargo de prefeito!
Ele acaba de criar a Lei Soninha Francine que estipula uma multa  para os secretários que chegarem atrasados às reuniões.
 O secretário que se atrasar por até 15 minutos pagará uma multa de R$ 200. Quem ultrapassar 15 minutos vai desembolsar R$ 400. O nome da “lei” foi dado porque Soninha, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, chegou cerca de 40 minutos atrasada no segundo dia de gestão. O valor arrecadado vai direto para um fundo gerenciado por Patrícia Bezerra, secretária de Cidadania e Direitos Humanos. Em seguida, será distribuído à instituições de caridade.
Esta lei deveria virar decreto nacional.




2 comentários:

Anônimo disse...

.REALMENTE AGORA SÃO PAULO TEM O PREFEITO QUE MERECE..PATETICO..RIDICULO..!

Helena da Silveira disse...

WOW! ESTAVA COM SAUDADES!!!!!!!!!!!!!!!!