Marília Peres Cakes

11 de jan de 2017

O que é bom a gente gosta!


O cinema brasileiro tem aquele ranço de que para ser ´´bom´´ tem que ser ´´cabeça´´ e que Hollywood não passa de uma máquina de fazer blockbusters.
Bobagem!
Os melhores, maiores e eternamente inesquecíveis filmes de todos os tempos saíram dos estúdios americanos.
Filme bom é filme bom. Não importa se é comédia, drama ou aventura de sequência.
E bobagem achar que brasileiro só gosta de ´´porcarias hollywoodinas´´.
Brasileiro - e qualquer outro público - gosta é de filme bom e ponto!
Minha Mãe é uma Peça II, por exemplo, é nacional, despretensioso, engraçado e ... um sucesso!
O longa bateu a casa dos 4 milhões de espectadores e está no topo dos mais assistidos por 3 semanas seguidas. Um feito e tanto!

Tendeu, Ancine?




Um comentário:

Anônimo disse...

Acho que "filme bom" e " grande bilheteria" são categorias diferentes que, às vezes, se entrelaçam. Mas é melhor rir com o Paulo Gustavo do que aguentar esses filmes para adolescentes do tal universo "comic" que monopolizam as salas de cinema, pois nem toda cidade dispõe de um Cine Bela Artes para se te dar a chance de entender o por quê o cinema também é chamado de 7ª arte.