Commemorare

31 de mai de 2017

Top

Não briguem comigo, mas vou ter que desabafar!
Tem algumas coisas na vida pelas quais eu nutro uma grande antipatia. Algumas palavras, por exemplo.
No momento, a razão da minha ojeriza  é a palavra top. Tudo hoje é top! A comida é top, o carro é top, a festa estava top. Eu mesma me pego falando top toda hora!
Primeiro que usar top  para tudo é - e você hão de concordar comigo - meio que uma falta de vocabulário... a comida não é deliciosa, ela é top. O carro não é moderno, ele é top. O homem não é charmoso, ele é top. O encontro não foi emocionante, ele foi top.
Depois que, top nivelou tudo e todos. Tudo e todos ficaram iguais, perderam a identidade, a individualidade. Deixaram de ser especiais e viraram ... top! A festa não foi alegre ou animada, ela foi top! A mulher não é sedutora e charmosa, ela é top! A casa não é acolhedora, nem agradável, ela é top! A palestra não foi interessante e proveitosa, ela foi top! O cabelo não é sedoso ou brilhante, ele é top. A foto não ficou colorida, nem enquadrada, ela ficou top!!!
Com top, tudo ficou igual. Massante. Sem graça. Somos quase que clones uns dos outros, já que vestimos igual, comemos igual, dançamos igual. Nossos cabelos são iguais, nossas bolsas são iguais, nossas casas são idênticas, afinal para ser ´´top´´, tem que ser igual ao que já é top!
E ai de quem não for top! Se sair um pouquinho da linha, ou da curva, usar um cabelo diferente, pintar a parede de verde escuro, andar de bicicleta, comer carne vermelha, a pessoa deixa de ser top e passa a ser ... diferente, contestadora, criativa, rebelde, provocadora,estranha, esquisita, indomável, desobediente, excêntrica, extravagante...

 P.S. te dedico, meu Clube do Livro! Maria Eugenia, Clissia, Samaritana, Helê Lelis, Helo Azeredo, Tati, Cida, Ana, Mariana, Thais, Tina, Tânia Campos, Rachel, Valerinha, Eli, Junia, Laura.





3 comentários:

Fabiana disse...

A palavra que me causa antipatia é "mara"! Uma casa "mara", uma roupa "mara", uma viagem "mara"...

Anônimo disse...

Estamos vivendo um momento em que cada um quer se diferenciar mas acaba, mas no final o comportamento generaliza tudo. Difícil ter identidade e não ser crucificado por aqueles que condenam o pensamento e a postura diferente daquilo que tem pra si.

Anônimo disse...

Encontrei alguém igual a mim!!!!!!! Detesto esta palavra. TOP. E sabe que isso é coisa bem de mineiro.