Aparecida Jóias

19 de mai de 2017

Judas

Muito  bem queridos leitores... como passaram o dia de hoje? Estarrecidos?
Irados? Chocados? Decepcionados?

Pois eu estou com ódio. Enquanto eu ouvia na TV as noticias dos valores milionários embolsados por bandidos mafiosos - ah, sim, porque quem leva mala com dinheiro sujo é mafioso!- minha fiel ajudante contava da dificuldade de conseguir fazer uma consulta pelo SUS, do ônibus lotado que ela pega todo dia, da escola decrépita que seus sobrinhos estudam, do medo que ela tem quando tem que andar 2 quarteirões no seu bairro, na sua rua sem luz, sem segurança, sem nada. 
E enquanto nós, brasileiros trabalhadores, lutamos todos os dias para colocar a cabeça para fora deste lamaçal, pagando nossos impostos, cortando despesas, vendo nossos amigos serem demitidos, vendo nossos filhos procurando emprego, os senhores mafiosos embolsam milhões e milhões de reais ROUBADOS de mim, de você, de todos nós. 
Foram anos e anos de uma vida de fausto, regada a dinheiro farto, prestígio, poder, arrogância e prepotência às custas do sangue, suor e lágrimas dos que neles confiaram. 
Que esses bandidos de terno e gravata sintam na pele a nossa ira!  Que provem a justiça dos homens, que apodreçam nas cadeias lotadas. Porque além de bandidos, eles são traidores. Traidores da confiança de todo o povo brasileiro. São Judas Escariotes de carro importado, apartamentos caros, ternos bem corados. São o Judas que, se Deus quiser, essa brava gente brasileira vai imolar em Praça Pública, queimados na fogueira de sua própria vaidade, ganancia e cobiça.


5 comentários:

Anônimo disse...

O AECIO E A ANDRÉIA JÁ ERAM CONHECIDOS DE QUASE TODO MUNDO AI EM BELÔ COMO OS IRMAÕS METRALHAS..TEM QUE IR PRA CADEIA MESMO PELOS ROUBOS E FICAR LÁ ATÉ APODRECER..

Anônimo disse...

Como sempre, os "mandantes" disso, são os donos do dinheiro: ganharam milhões com operações DI na quarta-feira. Vale a pena ler Sonia Racy no Estadão de hoje.

Anônimo disse...

Kika,
De tudo que eu li nos últimos dias, nada se compara ao que senti vendo sua postagem no instagram com a seguinte legenda: “Enquanto houver um homem de uma perna só, usando muleta para se equilibrar e puxando um carrinho de caixotes para sobreviver, ninguém no mundo irá me convencer que alguém entra no crime por falta de oportunidades”.
Chorei lendo o seu comentário, tremo todas as horas que penso nele.
Quando tento ficar otimista, achando que estamos tentando encontrar o caminho certo, você e suas amigas me lembram de que não tem solução. Enquanto tivermos a elite mais individualista de que se tem notícia, nada vai mudar.
Parece que você acha que uma pessoa nasce em uma família estruturada, cresce cercada de amor e respeito, e aos 18 anos decide se tornar bandida.
A maioria dos bandidos (pobres), na verdade, são crianças abandonadas pela SOCIEDADE. Porque não é só a mãe e o pai que as abandonam: o resto da família, o Poder Público, a sociedade, todo mundo abandonou essas crianças.
Se a nossa elite – de dentro do seu carro importado, do seu apartamento de luxo, viajando para o exterior e enchendo seu bairro de segurança privada – acha que é opção entrar no “mundo do crime”, realmente eu acho que não dá para ter esperança.
Quando eu vejo aquela imagem que você postou, sinto meu coração apertado por ver que um ser humano deu o azar de descer no escorregador de uma família muito pobre (enquanto o meu escorregador me levou para uma família estruturada e com um bom padrão), e que mesmo sem uma perna, ele está lá puxando aquela carroça. Eu sinto meu coração apertado porque tive sorte, e ele não, e poderia ser o contrário.

Anônimo disse...

Engraçado que eles não pediram propina nas empresas de José Ermírio de Moraes.

Anônimo disse...

Todo mundo em BH sabia (a alta roda fingia de besta) das tretas do Seu Aecinho e cias. Nada de novo, né!!! Que vá logo para a cadeia que é o lugar de bandido.
PS: e Lula, Dilma, e os corruptos todos! Sem distinção!